.

sábado, 16 de novembro de 2013

A morte do futebol brasileiro

Encontrei dia desses uma máquina do tempo. Entrei nela, e voltei para os anos 1980. Não sei exatamente o ano, mas fui parar nas proximidades do Maracanã, onde torcedores do Flamengo e do Fluminense deixavam o estádio. Um Flamenguista viu eu chegando e tomou um susto. Eu fiz sinal com o dedo para ele fazer silêncio e não contar o que viu para ninguém. Ele concordou, desde que eu sentasse na mesa de um bar para contar de onde eu vinha. E foi então que ocorreu o seguinte diálogo:
- Putaquepariu?? O que é você, mehmão?? Você é um ET??
- Não. E fala baixo, porra! Eu vim do ano de 2013. Sim, uma máquina do tempo. Estou fazendo um teste e vim parar aqui.
- Putaquepariu!! Quantos títulos o mengão ganhou???? Contaí!
- Cacete, que que importa?? Não vou contar nada. Se eu contar como é 2013, você nem vai se importar com quantos títulos o mengão ganhou...
- O quê você quer dizer?
- Talvez você possa mudar o futuro! Vou te contar tudo. Quem sabe elaboramos uma estratégia para salvar o futebol...
- Calma, calma. Me explica direito essa merda. O que você quer dizer?? Não vai existir futebol em 2013??
- Vai, vai. E um furo só pra ti: a Copa de 2014 vai ser no Brasil...
- No Brasillll!!! Porra, que do caralho!!! O Brasil é muito foda, mehmãoo!!!! Toca aqui!
- Toca aqui o cacete! Vai ter protesto, gente morta, ferida, milhões nas ruas, bombas, a porra toda... O Brasil vai tá uma merda e o povo vai se revoltar...
- Como assim??
- Caralho, não tenho muito tempo. Deixa eu te contar sobre o futebol...
Olho ao redor e aponto para um negão sem dentes, com a camisa desbotada do Flamengo, tomando uma cachaça no balcão. Ele está emocionado pelo que viu e conta a todos as jogadas feitas por Zico e Cia como se ele fosse um dos caras em campo...
- Ta vendo aquele cara ali? – pergunto.
- Quem, o Buiú?
- Sim, ele mesmo.
- Claro, o que tem ele? Vai morrer???
- Sei lá, porra. O fato é que pessoas como ele vão ser excluídas dos estádios...
Os olhos do cara parecem que vão saltar do rosto. Ficamos uns 20 segundos em silêncio. Vejo que ele está pasmado. Então, resolvo falar.
- Esse cara, pessoas como ele, que não tem grana, que trabalham de gari, de faxineiro, de flanelinha, de pedreiro, não vão poder entrar no estádio...
- Por que não, porra?
- Porque o ingresso vai ser muito caro! O mais barato é maior do que o salário dele! Ta ligado a geral do Maraca? – e nisso entra um homem vestido de urubu no bar.
Ele faz que sim com a cabeça. E eu faço o sinal da guilhotina. Prrrrrrrrr. Já era! Nunca mais!
- Você é um maluco. Bebeu o quê antes de chegar aqui?
Eu suspiro.
- O futebol vai se elitizar. Pobres não vão mais ter lugar. Vão construir estádios com cadeiras. Isso que você viu hoje, o estádio inteiro de pé, cantando e pulando! Pffffff! Já era também!
Ele ri, nervoso. Entra um casal de esfarrapados com a camisa do Flamengo, rasgada, velha, dançando e cantando, comemorando a vitória no Fla-Flu. O sujeito olha pra eles já nostálgico. Eu dou o golpe de misericórdia:
- Aproveita agora.... Isso que você está vendo... nunca mais! Não dentro do estádio!
Os dois estão bêbados. Então lembro de mais uma:
- Conhece esses dois? – pergunto.
- Claro!
- Estão bêbados? Saíram do estádio agora?
- Claro! Olha só a cara deles! Parece que foi ela que marcou o gol do Mengão! – os olhos dele voltam a brilhar por um segundo.
- Então se prepara: vai ser proibido vender bebida alcoólica dentro de estádio de futebol no Brasil...
Os olhos dele se enchem de lágrimas. Não quer acreditar...
- Você é um mentiroso!! Por que veio aqui fazer isso comigo???? Você é um lunático, um farsante!!
- É mesmo?? Você viu de onde eu vim, não viu??? O que você acha que eu sou? Um fantasma, um marciano ou um cara do futuro???
- Sei lá, porra! Preferia não ter te visto nunca na minha vida... Até parece que o Mengão perdeu....
- Pois é... Mas não te contei a pior. Vou te contar um segredo: eu sou gremista. Lembra o título que o Flamengo ganhou em 82, contra o Grêmio no Olímpico?
Os olhos dele brilharam novamente. Ganharam vida. Parecia que era ele que tinha voltado no tempo e estava no Olímpico naquela final, jogando junto com Nunes e Zico.
- Lembro!!!!!!!!!!!!! Meu Mengão!!! Que título!!! Que final!!! Bom, desculpa, lamento por ti, mas foi muito bom!!!! Olha aqui, olha aqui! – ele começou a gritar, mostrando-me o braço – chego a me arrepiar só de lembrar!
- Calma, calma. Olha, fico culpado de te falar isso. Mas... Não tenho coragem....
- O quê? Fala, o quê???
- Não, não... Não posso fazer isso com o senhor...
- Fala! Por favor, fala! Eu prometo salvar o futebol, mas fala!!
- Ok.... Em 2013... o campeonato brasileiro não vai mais ter final...
- Não entendi...
- Vai ser por pontos corridos. Todos contra todos, turno e returno, quem fizer mais pontos é campeão...
- Você é um mentiroso... Fala sério, o que você ia falar...
- É isso, porra! No campeonato de 2013, inclusive, o campeão vai levantar a taça faltando quatro jogos para terminar o campeonato... A TV não vai estar transmitindo... e vai ganhar porque o outro time perdeu... Os jogadores vão saber no intervalo, no vestiário, que são campeões... Não vai ter festa de fim de jogo... Não vai mais ter gol do título no final... Estádio lotado, país parado para ver a final... isso já era...
Lágrimas começam a escorrer.... Eu olho para ele, e tento reanima-lo:
- Você tem uma missão, meu amigo!
Ele está em estado de choque: sem o povão, sem bebidas e sem final. É o fim! Não tem mais futebol...
Depois de dois minutos em transe, ele sai do choque, me olha novamente e pergunta, estatelado:
- Por quê????
Eu não tenho coragem de responder, senão ele se suicidaria ali mesmo. Apenas me levanto e vou embora...

4 Comentários:

  • Caramba... Uma crônica sarcastica. Horrenda que eu queria poder co testar mas só me resta corroborar. O futebol caiu nas maos dos cartolas dos empresarios carniceiros, virou um negocio sem lugar pra quem busca nele diversao apemas apenas motivado por sentimento. Um sentimento que vai korrendo aos poucos. A paixao.

    Por Blogger Márcio, às 16 de novembro de 2013 22:19  

  • É uma merda mas reflete a mais pura verdade! O pior é que a gente está tão anestesiado pela mídia que acha tudo normal. Tem que mudar, sei lá, campeonato nacional o ano todo, regionalizar, aumentar o n° de participantes, alguma coisa tem que ser feita! Mete a ripa meu bruxo, tô contigo e não desisto.
    Fuck german!

    Por Blogger Marcos, às 17 de novembro de 2013 01:43  

  • fuck german! bela crítica. é por ae mesmo.

    Por Blogger Zaratustra, às 21 de novembro de 2013 13:26  

  • Muito bom professor!!!

    Por Blogger Na Luta Pelo Diploma, às 25 de novembro de 2013 15:26  

Postar um comentário

<< Home