.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Torrada humana

Bom, enquanto meus dois leitores estão curtindo o carnaval, eu acabo escrevendo para as moscas. Mas que nada, não nos abalemos!
Ainda lendo o livro do Larry Rohter, descubro que esse problema que todo mundo reclama de calorão infernal no verão e frio rigoroso demais no inverno só vai piorar nos próximos anos, até levar à extinção humana. Isso ele também não concluiu, apenas apontou alguns elementos que me levaram a tal conclusão. Em várias matérias para o New York Times ele mostrou o que a imprensa brasileira não mostra: o desmatamento que vai avançando Amazonia a dentro, legal ou ilegalmente. Nem Ibama, nem polícia nem porra nenhuma controla porra nenhuma. E, pior, o governo ainda finge controlar. E, pior ainda, os brasileiros ficam bravos quando os americanos falam em tomar a Amazonia, ou quando alguém fala que a Amazonia é da humanidade, e não dos brasileiros. Pois a questão é óbvia: o mundo inteiro está se ferrando, e vai se ferrar ainda mais graças a irresponsabilidade dos brasileiros, que estão com muitas coisas para se preocupar, como o BBB, futebol, escolas de samba, etc. Enquanto os brasileiros se masturbam, os fazendeiros e madeireiros vão, feito cupins, desmatando pouco a pouco, ano a ano, até que, daqui a algumas décadas (provavelmente quando todos nós já nem estejamos mais aqui) a Amazonia finalmente vai sucumbir. Assim como a raça humana, do jeito que a conhecemos, pois as futuras gerações terão que se adaptar a calores maiores, como de 50 ou 60 graus. Ou seja, os brasileiros, literalmente, estão fodendo com tudo.
Fico imaginando o que vai acontecer quando a humanidade chegar na seguinte sinuca: ou vamos lá e botamos ordem naquela zona do Brasil, ou seremos todos extintos. Aliás, para evitar isso, o governo brasileiro poderia usar o seu Exército, que nunca serviu para muita coisa: enche de milicada fortemente armada, cercando toda a Amazonia brasileira, evitando o desmatamento. O foda é que, no Brasil, com certeza alguém vai receber propina para fazer vista grossa ao desmatamento. Mas enfim, o dia em que fizerem isso, eu vou tirar o chapéu para a milicada e, se a corrupção não foder com tudo, vou dar o braço a torcer. Enquanto isso, penso que a maioria dos que veste fardas altamente graduadas são terneiros que mamam o escasso leite gerado pelos trocados dos brasileiros que não vai para o bolso de corruptos...
Por outro lado, se eu for meter o bedelho na política, acho que tucanos e petistas podem ir para a puta que os pariu, e o negócio mesmo é votar na Marina e no PV, pois se algo não for feito inevitavelmente as futuras gerações não vão nem poder discutir ideologias, etc, pois a discussão será em torno da sobrevivência dessa raça, que a cada verão fica mais torrada.

2 Comentários:

  • Gostei do texto. Lembro que a Marina não é mais do PV. Acredito que da forma que é administrado o PV. não vai a lugar nenhum.

    Por Blogger Nabuco, às 21 de fevereiro de 2012 16:23  

  • Nem precisa ir tão longe, aqui na região mesmo temos o exemplo! A tigrada desmatou tudo, até a barranca dos rios pra plantar soja, a terra boa tá indo parar lá no delta do Prata levada pelas águas.
    Esse calor infernal é por isso, o frio de rachar cano dágua também.
    Parece que lentamente os colonos e a população estão tomando consciência, mas vai demorar muito pra melhorar.
    Se você observar o lugar onde tem mais árvores, aqui no RS, é nas cidades! O campo virou deserto!
    Hasta.

    Por Blogger Marcos, às 22 de fevereiro de 2012 04:19  

Postar um comentário

<< Home