.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Exército (gremista) de um homem só

Eram seis colorados contra eu. Meu primo-tio Alemão Marcos, Alemoa Mônica, meu priomo-tio Paulo, Marlene, a patroa Cris e a mãe Nara. Os outros dois gremistas (pai Nabuco e filha Larissa) estavam passeando, vendo os au-aus das redondezas. A discussão iniciara após comermos uma peixada feita pelo aniversariante, Alemão Marcos. Estava em debate o fanatismo desse que vos escreve pelo Grêmio, quando alguém perguntou:
- E se na hora do jogo do Grêmio chegar uma mulher pelada com uma cerveja na mão, o que você escolhe?
Não pensei duas vezes antes de responder, de bate-pronto:
- O jogo do Grêmio.
Houve um “ahhhhhhh” geral, duvidando da veracidade da minha resposta. Foi então que respondi:
- É por isso que eu sou gremista e vocês são colorados.
A torcida do Grêmio é muito mais fanática do que a do Inter. Não tenho dúvidas. Gremistas fanáticos dizem: “mulheres vem e vão, mas time do coração é só um”. Eu argumentei que a mulher pelada poderia esperar terminar o jogo. E se não esperasse, azar o dela. Agora, o jogo do Grêmio é só naquela hora. Não tem como adiar. Claro que, fiz a ressalva, depende da importância do jogo. Falo que escolheria o jogo do Grêmio em partidas decisivas, como um jogo eliminatório de Copa do Brasil ou Libertadores, ou um simples Gre-Nal.
Além disso, eu, sozinho, discuti com os seis colorados que o Grêmio é, há um bom tempo, o clube do povo. Basta qualquer um de vocês ir ao Olímpico e ao Beira-Rio. Eu fiz isso quando estava no primeiro ano de mestrado, em 2009, quando cheguei a tal conclusão. Frequentando os dois estádios, percebi rapidamente que o Inter virou clube de burguês, de elite. Nas arquibancadas do Beira-Rio você não vê mais o pedreiro com dois dentes na boca. Você só vê playboy com roupa de marca e loira metida a modelo. Já o Grêmio passou a assumir essa postura mais democrática, na sua famosa Geral. Isso é fato. Não tem quem prove o contrário. Eu vi com meus próprios olhos.
E outra: como já disse aqui, a torcida do Grêmio canta o tempo inteiro. Já a do Inter, se o time começa a jogar mal, logo o canto some e surgem os primeiros murmúrios e vaias. Falo isso como uma constatação jornalística, e não como torcedor. Não é para provocar ninguém, é fato.
Lá discuti com seis colorados. Aqui posso discutir com um milhão e nenhum vai me fazer mudar de opinião.
Hasta!

6 Comentários:

  • Jogo importante até eu! Mas jogos normais, que futebol que nada!
    Mas tem uma coisa que você não entendeu,hoje quem frequenta o Beira-Rio é sócio, e pra ser sócio tem que ter cacife, classe média pra cima. O povão colorado (coréia, geral) hoje olha os jogos nos butecos pela pay-per-wiev enquanto toma uma cerva gelada e come uns tira-gostos de gato. Hehehehe.
    Eu sou um destes.
    Ah! Tu não tava tão só, teu tio José também é gremista.

    Por Blogger Marcos, às 17 de janeiro de 2012 09:46  

  • Grêmio GrÊminho eu te amoo

    Por Blogger Carolina, às 17 de janeiro de 2012 16:40  

  • Sou contra fanatismo em qualquer coisa na vida (religião, esporte, política, etc...). A pessoa nem ouve o q os outros falam, só sua opinião interessa... mas amoooo o meu Inter rsrsrsrs
    É lógico q mulheres vêem o futebol não com a paixão q os homens dedicam a ele, então... cada um no seu quadrado...

    Por Blogger Nara Miriam, às 18 de janeiro de 2012 03:54  

  • aauhauhauhau. eu ouço, mas vcs disseram que preferem a mulher pelaada com cerveja..ehehehe. alemão marcos, o tio josé já tinha ido nessa hora, por isso não o citei. e o que vale no jogo é o que está no estádio. o inter privou o torcedor povão de ver seu time, nada mas...ehhehe

    Por Blogger Eduardo, às 18 de janeiro de 2012 09:02  

  • Porra alemao! Gremio e Inter que nada! O negòcio agora è JEC na segundona, que aliàs ja cobrava 30 pila pra ver uma partida na terceirona (mais barata), imagina qdo chegar na serie a em 2013

    Por Blogger Zaratustra, às 18 de janeiro de 2012 12:30  

  • A tendência do futebol com a aposta dos clubes nos quadros sociais é elitizar a coisa, manolo... faz parte...

    e pode esperar a chegada da Arena que vai ficar assim também no Olímpico...

    infelizmente, o tiozinho que junta dinheiro por meses pra ir numa final, vai ficar de fora...

    faz parte... é o preço que se paga por transformar o esporte em espetáculo... faz parte...

    abraço!

    Por Blogger Mr. Gomelli, às 19 de janeiro de 2012 18:30  

Postar um comentário

<< Home