.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Motherfukers

Dia desses tive a infeliz idéia de ir pagar as minhas contas na agência do Banrisul de Santo Ângelo. Como sempre faço em Pelotas (e também fazia em Porto Alegre, Ijuí e Bento Gonçalves) reúno todas as minhas contas e vou até o caixa colocar meu nome em dia no que o pessoal chama de “mercado”. Enfim, alguns podem me chamar de besta, mas desde que uma vez fui pagar tudo no caixa eletrônico e, por engano, paguei duas vezes a mesma conta, acabei optando pelo mais seguro, afinal, confio nos bancários e acho que eles merecem o emprego que têm (só para lembrar, sou filho de bancários). Entretanto, logo ao entrar na agência do Banrisul de Santo Ângelo descobri que, sei lá porque cargas d’água, a nossa agência está muito atrasada em relação às demais agência do Estado.
Podemos começar pelo básico: não há cadeiras para espera nem sistema de senha para atendimento no caixa. Para o nobre leitor santo-angelense isso pode parecer normal, pois ele está acostumado a essa situação lastimável, entretanto nas agências do Banrisul de cidades do mesmo porte de Santo Ângelo, como Ijuí e Bento Gonçalves, há muito tempo, enquanto o sujeito espera o atendimento, ele fica sentado com uma senha na mão. Já aqui em Santo Ângelo o atendimento é como no século passado: filão de pé. E o pior: muitas vezes a fila é gigantesca. Se não me engano, em vários municípios há leis obrigando os bancos a disponibilizarem cadeiras para a espera e senhas (isso se essa lei não for estadual ou federal, mas deixo essa questão para os advogados responderem). Entretanto, caso a lei tenha que ser municipal, fica a dica aos nobres vereadores missioneiros.
Voltando às minhas surpresas ao tentar pagar contas no Banrisul de Santo Ângelo, após ficar mais de meia hora na fila, veio o pior: o atendimento da caixa. Aquela mulher, que mais parecia uma cadela reinenta raivosa, não aceitou metade dos meus pagamentos. Quando eu disse que sempre fazia esses pagamentos em outras cidades, ela respondeu com a sua cara de anus: “mas a nossa agência não aceita”. Resumindo, alguns pagamentos ela fez, a contragosto, e outros eu tive que fazer no caixa eletrônico. A vontade que eu tive foi de enfiar os papeis e tudo o mais no rabo dela, mas me controlei, afinal, tinha que pagar as contas, e acho que não conseguiria se sujasse os papeis com esterco de vaca. Passando por isso, depois de quase uma hora, saí da agência do Banrisul de Santo Ângelo acenando para o prédio, murmurando baixinho: “até nunca mais motherfukers”.
Depois dessa história toda, o leitor deve estar se perguntando: e o que tem a ver tudo isso aí com o futebol? Eu respondo: nada. Mas em época de férias prefiro deixar para que os cartolas trabalhem. Meu negócio é dentro de campo. O resto é história.
Um bom final de semana a todos.

*Texto que, se God quiser, será publicado no J Missões de sábado.

8 Comentários:

  • mas as contas q dá pra pagar no caixa eletronico (quase todas, ao menos no banco do brasil...sem contar que dá pra pagar pela internet..) eles não aceitam no caixa mesmo... viuu como eh a vida de gente grandee?? hauhahau pois é e o procon não faz nada em relação a isso de não ter cadeiras e tal?

    Por Blogger Carolina, às 4 de janeiro de 2012 17:56  

  • Mas eles têm que aceitar no caixa normal também, dona "kérol"... hahahaha

    o Caixa eletrônico e a internet são outros meios de pagamento caso o cliente assim deseje. Mas se ele optar pelo pagamento no caixa normal, o banco precisa estar pronto pra fazer esse serviço...

    voltando ao texto...

    sobre a fila... hehehe... nem digo nada, mas tem muita coisa aí que tá atrasada... hehe

    e sobre a atendente com cara de cu com câimbra, isso é normal neh... tem em tudo que é lugar... e não é só no serviço público, mas também nas empresas privadas...

    e pre encerrar, se eu tivesse dinheiro, apostaria que esse texto não vai ser publicado no jornal, MAAAAAAAS, como to falido, fica uma aposta de brincadeirinha... asuhaushuahsa

    abraço ae, manolo! o/

    Por Blogger Mr. Gomelli, às 4 de janeiro de 2012 18:04  

  • bommm mto bom saberrr seu pedrooo

    Por Blogger Carolina, às 4 de janeiro de 2012 18:08  

  • Pois é, filhão, só lembro que os bancários e outros ramos de trabalho são meros cumpridores de ordens que vem de cima, é claro...
    Uma vez, eu, no caixa em Panambi, fui avisada para não receber cta de água, e comuniquei ao cliente q atendi q não dava. Era pessoa conhecida, não aceitou, e pra receber mais este cliente tive de pedir autorização ao chefe...
    Outra vez o chefe mandou colocar a plaquinha "por favor dirija-se a outro caixa", pq tinha outros serviços para mim. Coloquei a placa e o cliente seguinte ficou furioso... entre outras coisas, disse "olha que sou amigo do gerente", como se eu fosse perder o emprego por causa disso...
    Então, como tudo na vida, existem os dois lados... daí, relaxa... e vai aos bancos, filhão!!! E lembre-se do estresse a que são submetidos meus pobres colegas...

    Por Blogger Nara Miriam, às 5 de janeiro de 2012 03:45  

  • Eu paguei duas vezes a conta do celular no caixa eletrônico, ontem fui pagar no caixa do Banrisul e a mulher me disse que água, luz e telefone só nas lotéricas, pode?
    O pior é que a operadora do celular se faz de salame, diz não saber que paguei duas vezes, pra não devolver a merreca.
    Mas não podemo se entregá pros hôme...

    Por Blogger Marcos, às 5 de janeiro de 2012 04:06  

  • c'est la vie, mon amour...e com exceção do Mr Gomelli, os comentários são da família. Aceita? bjs, bom ano novo.
    Ah, e espero os teus comentários no meu blog....faz tempo q não passas por lá...abraços à Bilulinha

    Por Blogger Athena, às 5 de janeiro de 2012 04:34  

  • Porra alemao, pagar conta em banco é coisa do passado, a moda agora é namorar pelado.

    Mesmo eu trampando no banco, pago tudo pela internet em casa, é mais fàcil, mais ràpido e mais seguro, pq confio mais em mim que nos caixas.

    O negòcio é o seguinte: banco hoje em dia tem meta atè para quantidade de autenticaçao nos caixas. O futuro do mundo é livre de filas. Na Italia ninguem vai no banco pagar contas, as agencias sao vazias. è tudo por internet ou nas agencias do correio.

    Banco, hoje em dia, é uma loja de produtos bancàrios, e os atendentes sao vendedores. Faz anos que os serviços nao sao prioridades nas agencias. Ruim pra alguns, mas òtimo pros banqueiros.

    E neste caso a verdade nao é outra, nem diversa.

    Por Blogger Zaratustra, às 5 de janeiro de 2012 16:50  

  • porra, primeiro, respondendo o alemão zarastutra, porra, eu gosto de ir até o banco, cacete, lá tem ar condicionado e posso ficar lendo livros no ar fresco se tiver cadeiras para eu sentar! aliás, banco tem que ter multifunções, e essa é uma delas. respondendo aos outros parentes, a verdade realmente é outra e diversa e realmente devo visitas aos blogs de todos, só que tem que me colocar o link porque eu não sei onde salvei os links e estou no computador da mãe... enfim, ovu perguntar pra ela onde ela botou os links... já o gomelli quase acertou na mosca: o texto não foi completamente censurado, mas mudaram o título e cortaram metade dos palavrões (onde tem palavrão nessa merda?). enfim, fuderam com meu texto.
    hasta!

    Por Blogger Eduardo, às 5 de janeiro de 2012 19:30  

Postar um comentário

<< Home