.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

O velho e bom Peñarol e o velho e bom jornalismo esportivo (para além do boçal e do lead)



Se o Peñarol deu uma aula de futebol ao Inter em campo, ao fazer 2 a 1 em plena beira do Guaíba, o jornal El Observador deu uma aula de que o jornalismo esportivo (e eu estendo aqui para as outras editorias) pode ser criativa, sem ser muito extenso, e pode fugir do óbvio, do sem graça, do broxante, enfim, do lead e das fórmulas de objetividade preto e branco do jornalismo norte-americano de décadas atrás, que jornalistas e donos de jornais pensam ser agradável. Chega de papo, e seguem trechos da matéria:

"O Peñarol calou várias bocas. Outra vez. O Peñarol despertou, o gigante despertou e América o conhece. O vive. O sente. A corona caiu em busca do rei, por culpa de Peñarol, que ganhou por 2 a 1 em Porto Alegre e deixou o Internacional colorado (avermelhado, em espanhol), mas de bronca, eliminado".

"Como o gato que brinca com o rato, se divertia esperando o momento de dar outra estocada”.

"Essa arrogância do Inter foi o que terminaria os destroçando".

"Até os jogadores brasileiros se paralizaram e, por um momento, pareceram os de 50 no Maracanã, quando o visitante de pedra dava a volta para a história e todos emudeciam. Até com o mesmo resultado: 2 a 1. Foi o momento do Peñarol, que dominou a partida, que chegou por todos lados".

"Lá estava, guardada em algum rincão de Los Aromos (campo onde o Peñarol treina). Com a obsessão de sair há muito tempo. Mordendo-se de raiva por ver pela TV qualquer equipe ignorável em uma Libertadores, ano a ano. Desesperada por sair e mostrar que tantos anos de histórias, tantas Copas, não eram em vão".

7 Comentários:

  • pois não sei o q comentar... nao entende de futebol..só sei q o inter se achão perdeu

    Por Blogger Carolina, às 5 de maio de 2011 14:02  

  • Comentando os dois ultimos textos; o Inter caiu porque se acomodou, achando que já tinha ganho sendo surpreendido pelo fraco, mas raçudo Penharol.
    O Grêmio, como estava previsto por você mesmo, despediu-se melancólicamente da competição.
    Acabamos morrendo abraçados na mesma praia, um por autosuficiência, o outro por falta de time (leia-se plantel).
    Porra alemão!

    Por Blogger Marcos, às 5 de maio de 2011 15:11  

  • Nem vem que não tem!
    O Internacional perdeu por um único e exclusivo motivo: O Sr. Eduardo Ritter não estava no estádio de moleton verde!

    OBS: Eu não sou supersticioso. Só ticioso. Super pra mim já é demais.

    Maiquel Kelm

    Por OpenID mkelm, às 6 de maio de 2011 06:45  

  • O inter perdeu pq o Falcão consegue ser pior que o Roth. O Gremio porque tava todo desfalcado.

    E o Palmeiras tomou uma sova ontem, bonita de se ver. O técnico do Coritiba é nosso antigo zagueiro Adílson, da Libertadores de 95. O discípulo superando o mestre Felipão.

    Por Blogger Zaratustra, às 6 de maio de 2011 09:42  

  • Até porque ninguém melhor que o Adílson pra saber como funciona a zaga do felipão

    Por Blogger Zaratustra, às 6 de maio de 2011 09:43  

  • e como ninguem é perfeito, Adilson é o técnico do Atlético PR e nao do Coritiba. Nao falo mais de futebol até o Grenal

    Por Blogger Zaratustra, às 6 de maio de 2011 17:57  

  • Tá complicado ser gremista...em 2010 torceram para o time argentino ganhar a sulamericana...para conseguir uma vaga na libertadores em 2011....daí foi este espetáculo. Ficam felizes por não levar uma sova em grenal e heroicamente empatar...e comemoram os fiascos do colorado. Hehehe...melhor é trocar de time alemão! Vire colorado!

    Por Blogger Silvério, às 7 de maio de 2011 06:08  

Postar um comentário

<< Home