.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Ilusão azul e vermelha

Gremistas e colorados gostam de se iludir, assim como aquele cara que tem paixão platônica pela mina mais gostosa da escola/faculdade/ trabalho/vizinha/ etc e que nunca chega nela pensando que um dia, quando resolver criar coragem e se declarar, vai dar tudo certo e os dois viverão romanticamente felizes para sempre, se amando todos os dias até o último suspiro (ou pelo menos até a primeira noite juntos). O Grêmio, por exemplo, venceu o Santos na quarta-feira e está a um ponto do Inter. Agora, os coitados dos gremistas pensam que podem chegar na Libertadores. Pensam que vão ganhar do Coritiba hoje. Até aí, tudo bem, o time de Roth até pode ganhar. Mas para o Grêmio entrar no torneio Rio-São Paulo (que começa da 6ª e vai até a 1ª posição) o tricolor precisa vencer o Coritiba e secar Palmeiras, Inter, Flamengo e Fluminense. E, como tem Fla-Flu, com qualquer resultado ou Flamengo ou Fluminense ou os dois vão pontuar. E, na melhor das hipóteses, com Palmeiras e Inter perdendo e Fla e Flu empatando, o Grêmio fica com 42 pontos e a dupla carioca com 45. Tudo bem, são 3 pontos. Mas, além de uma combinação praticamente perfeita e impossível de resultados nessa e nas próximas rodadas, o Grêmio não pode deixar de ganhar seus jogos. E eis o problema.
É como o cara que se apaixona por uma mina comprometida. Ele seca, torcendo para que ela deixe o mentecapto, porém, quando ela o deixa, o cara tem que fazer o seu resultado dentro de campo, e eis que aí começam os problemas. Na melhor das melhores hipóteses, o sujeito até pode ficar com a mina, entretanto, ele tem que manter o alto desempenho em campo, e isso, metaforicamente, vale para a dupla, caso Grêmio ou Inter cheguem na Libertadores. E, nesse ano, mesmo com as conquistas heróicas das vagas na Libertadores obtidas no ano passado, a dupla Gre-Nal fez fiasco e deu no que deu. É como o cara secar o namorado, ex-namorado e outros pretendentes daquela mina gostosa, a secação dar certo, ele ficar com a mina, mas chegar na hora H e brochar ou falar uma bobagem que estraga tudo...
Fico me questionando: de que adianta o Grêmio novamente ter uma arrancada espetacular rumo ao topo, se quando chega na Libertadores não consegue montar um time descente e acaba fazendo fiasco. Pergunto-me, ainda, se não é melhor o Grêmio jogar uma Copa do Brasil e uma Sul-Americana, onde ele realmente terá condições de brigar por um título importante, que há muito tempo não ganha.
O mesmo vale para o Inter. Os colorados pensam que, se ganharem do Vasco amanhã no Beira-Rio, vão chegar no grupo de classificação para a Libertadores em poucas rodadas. Doce ilusão. Esse time do Inter não deslancha pelo simples motivo que é um time fraco e sem comando, que depende muito do Damião e, considerando que ele está lesionado, qualquer bom resultado não passa de mera ilusão de sucesso.
Podem me chamar de pessimista, mas com times fracos, não tem como ser otimista. Quando os times forem bons e jogarem bem, voltarei a ser otimista.
Um bom final de semana a todos.

*Texto publicado no Jornal das Missões de sábado.

1 Comentários:

  • porra alemao, finalmente concordo contigo num texto sobre futebol.

    o negòcio agora è o JEC ir pra sèrie b. Tamo indo bem, ainda invictos na segunda fase.

    è o coelho correndo por fora!

    Por Blogger Zaratustra, às 7 de outubro de 2011 14:20  

Postar um comentário

<< Home