.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Resposta às leitorinhas

A nova teoria duduziana, apresentada no post anterior, resultou na fúria de algumas nobres leitorinhas nervosas. Acusaram-me de machista, infantil e, ainda por cima, perguntaram se eu consiguiria viver sem elas, as mulheres. É óbvio que não, afinal, tenho mãe, filha, irmã, etc. Acontece que, não é essa a questão. Não estou falando da minha humilde pessoa, mas sim, da humanidade, em geral. Falo apenas como um observador de casos e, inclusive, as minhas lindas leitorinhas estão inclusas no processo, pois sei que ELAS TAMBÉM GOSTAM DE PROBLEMAS (principalmente as terroristas), bem como todas as suas colegas mulheres. É fato. É da natureza. E isso não se reduz somente ao campo dos relacionamentos, mas sim, estende-se para todos os campos da vida: profissional, educacional, comportamental, etc.
Entretanto, essa perspectiva não é de todo negativa. Graças a gostar mais de problemas, as mulheres tornam-se mais caprichosas e perfeccionistas do que os homens e, justamente por isso, elas estão nos ultrapassando em todos os campos. Enquanto o homem é mais simplista e objetivo, a mulher fica masturbando o troço, procurando fio de cabelo em ovo, até que ela acha e descobre algo que o relaxado do homem não descobriu. Claro que, tanto os homens quanto as mulheres podem me chamar de simplista e reducionista, entretanto, essa perspectiva confirma minha teoria, afinal, sou homem!
E assim caminha a humanidade, com as mulheres nos acusando infinitamente de machismo (afinal, elas tinham que achar algum problema na minha teoria, não é?) e os homens quebrando a cabeça para tentar descobrir que fórmula explica o comportamento inexplicável das mulheres. A teoria da TPM é uma bela teoria, mas é apenas a ponta de um iceberg. E, acho que por isso, muitos homens buscam a resposta para essas perguntas na bebida, pois, quando estão bêbados, os homens acham que descobrem o que se passa na cabeça confusa das mulheres e do Celso Roth, mas na verdade eles não chegam nem perto da superfície de tal complexidade. Enfim, chega de divagações, acho que já escrevi o suficiente para as bravas leitorinhas me xingarem mais um pouco. Ah, e vale lembrar, na verdade isso tudo não é uma teoria, e sim uma hipótese, como já fio explicado em outra oportunidade...
Fui!

7 Comentários:

  • hahhahahahha Tua explicação sobre a teoria rendeu umas gargalhadas aqui. Tá bom Dudu, tá ótimo assim. Agora escreve por favor alguma teoria pra tentar explicar o que se passa na cabeça do Celso Roth (bem lembrado!). Aposto que é muuuito mais difícil. Respostas simplistas não dariam conta... ah, claro, precisaríamos chamar uma mulher então pra fazer isso!
    ----

    Lembrei de um negócio que tá escrito num lençol meu cheio de letrinhas que diz mais ou menos assim: o sentido da vida não é uma questão a ser respondida, mas um evento. Acho que isso diz bastante.
    Curta o evento!

    Por Blogger Lara, às 28 de fevereiro de 2011 08:34  

  • ma q evento, mulher????

    Por Blogger Eduardo, às 28 de fevereiro de 2011 08:54  

  • Porra alemao! ninguèm entendeu que tu escreveu tudo aquilo só pra dar audiencia pro blog.

    Por Blogger Zaratustra, às 28 de fevereiro de 2011 09:10  

  • Mas que mané! Incapaz de escrever o que eu entendo. Desculpa, não consigo ser simplista! Por favor, um pouquinho de abstração!!!!
    E por que tu só briga comigo, afinal? Esse Zaratustra vive te xingando e nunca vi um post em resposta a ele!

    Por Blogger Lara, às 1 de março de 2011 05:48  

  • porra, minha ex-amante, o zarastutra é meu primo, ele pode me xinga! auhauhahuahu

    Por Blogger Eduardo, às 1 de março de 2011 09:14  

  • É verdade! Cada vez que ele fala da Teoria Duduziana, bomba os comentários! Copiei a primeira teoria e explicação pro meu blog, e é o texto mais lido. Tá dando ibope lá também, se bem que eu concordo com as meninas, essa teoria é meio confusa. Diria também que reflete o modo de pensar médio do macharedo. Hehehehehe
    Eeu também não consigo entender as mulheres, então me limito a amá-las (em todos os sentidos)!

    Por Blogger Marcos, às 2 de março de 2011 15:38  

  • Porra alemão!

    Por Blogger Marcos, às 2 de março de 2011 15:38  

Postar um comentário

<< Home