.

domingo, 17 de setembro de 2017

Autores


Eu leio autores
Que já ganharam muitos prêmios
Jabutis, Pulitzers, Nobel da paz
E eu provavelmente
Nunca ganharei
Nenhum

Eu leio autores que são colunistas
De jornais importantes
Da humanidade
Como Zero Hora, Folha de S. Paulo
New York Times, Le Monde
Enquanto eu, no máximo fui
Colunista
Do Jornal das Missões

Eu leio autores ovacionados
Alguns bons, alguns chatos
Todos considerados gênios
Por alguém
E outros considerados gênios
Apenas
Por eles mesmos

Eu nunca ganharei um Jabuti
Nunca integrarei qualquer Academia
De Letras
Nem a Brasileira nem a santo-angelense
Talvez, no máximo
A pelotense

Também nunca serei colunista
De nenhum jornal importante
E nem terei meu nome impresso
Nas páginas do Estadão ou do Extra
E nunca serei entrevistado
Por um global

Enquanto escrevo isso
Uma mulher ouve
Música sertaneja
Na minha cozinha
E eu concluo
Que nunca serei nada mais
Do que um sopro
E do que uma microscópica bactéria
Em um pedaço de merda que está
Na privada chamada
Literatura

1 Comentários:

  • Tu és ótimo. O problema é que para termos o nome impresso, primeiro você fica famoso, daí as editoras correm atrás, ou você paga para publicar. O que escrevemos é bom? Bom para quem? Sempre me pergunto. Não deixe de escrever. Eu também não deixo, mesmo que não me leiam. Abraço, Eduardo.

    Por Blogger Lorení D. Corte, às 17 de setembro de 2017 15:21  

Postar um comentário

<< Home