.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Zoológico do amor

Queria ser um peixe para em tuas águas nadar. Queria ser um gato para em tuas pernas ronronar. Queria ser um cachorro para o teu corpo todo lamber. Queria ser um leão para durante dois dias inteiros copular. Queria ser um pássaro para te beijar em pleno ar. Queria ser um macaco para fazer cafunés e no meu colo te colocar. Queria ser uma abelha para morrer depois de te amar. Queria ser um coelho para contigo o mundo povoar. Queria ser um elefante para contigo fazer a terra tremer. Queria ser um esquilo para tua cauda levantar. Queria ser uma mosca para em tua sopa pousar. Queria ser uma hiena para contigo sorrir. Queria ser um burro para acreditar que és capaz de me amar. Queria ser um jegue para empacar em tua casa e dela nunca mais sair. Queria ser um pernilongo para tuas coxas picar. Queria ser uma águia para de longe te observar. Queria ser uma andorinha para ir até o Nordeste e na praia te encontrar. Queria ser uma onça para das garras de outro amor te arrancar. Queria ser um cavalo para em meu lombo te carregar. Queria ser um papagaio para o teu nome eternamente repetir. Queria ser cão de rua para em plena avenida desenvergonhadamente contigo fornicar. Queria ser um tiranossauro rex para em tua carne me lambusar. Queria ser um ganso para em tua lagoa mágica me afogar. Queria ser um tatu para em teu buraco me esconder. Queria ser um avestruz para em teu buraco, a minha cabeça enfiar. Queria ser uma lagartixa para na parede você me jogar. Queria ser uma cobra para em teu corpo me envolver. Queria ser um golfinho para nas águas salgadas do teu suor livremente nadar. Queria ser uma baleia para com uma bocada só te engolir. Queria ser um canguru para conitgo o mundo inteiro pular. Queria ser uma tartaruga para dentro da minha casca te levar. Queria ser uma lesma para o teu corpo inteiro lambusar. Queria ser uma aranha para com oito braços te abraçar. Queria ser um morcego para o teu pescoço beijar. Queria ser um carrapato para em teu pelo colar. Queria ser uma formiga para em tua calcinha despercebidamente entrar. Queria ser uma foca para em meu nariz te equilibrar. Queria ser um homo sapiens para pra sempre te amar.

2 Comentários:

  • poxa manolo... tu provavelmente não deve ter escrito isso romanticamente, mas tem algumas declarações aí que são show de bola hein...

    essa por exemplo: Queria ser um golfinho para nas águas salgadas do teu suor livremente nadar.

    profundo isso hein...

    bah velho... mt massa esse texto... na boa, isso é digno de premios de literatura, mas confessa,tu deve ter usado um dicionário ou o "Deus google" pra lembrar de tanto animal... hehe...

    enfim... muito bom mesmo...

    abraço ae manolo!

    Por Blogger Mr. Gomelli, às 20 de agosto de 2010 21:22  

  • pior que não, juro mesmo! foi só na cabeça. e é sério

    Por Blogger Eduardo, às 21 de agosto de 2010 08:45  

Postar um comentário

<< Home